Arquivo mensal: setembro 2012

Transporte público

Padrão

Duas cenas relacionadas a pessoas que claramente não estão acostumadas a andar de transporte público chamaram minha atenção essa semana. O ônibus que pego é o único que passa em frente aos maiores condomínios do distrito onde moro. Claro que isso não significa pessoas ricas utilizando esse ônibus; no máximo algum filho em idade escolar ou estudantes da Unicamp. Eu me encaixo na segunda opção. O restante dos usuários são pessoas que trabalham para os moradores desses condomínios: seguranças, domésticas, piscineiros. Vez ou outra aparece um desavisado. Essa semana foram mais de dois.

Terça-feira: três adolescentes, duas meninas e um menino, entram e perguntam se aquele ônibus passava em frente ao condomínio tal. Passava. Uma das meninas estava empolgadíssima com aquela história de andar de ônibus, a outra meio incomodada. Eis que a primeira tira um celular da bolsa pra tirar uma foto da amiga, achando um máximo aquilo tudo. Certeza que aquela imagem foi parar na Internet. Ou como “a aventura do dia”, ou como “olha o mico que a fulana pagou!”.

Quarta-feira: Moço engomadinho, apelidado carinhosamente pelo meu namorado de “Leite com Pera” está esperando o ônibus. Quando o veículo para, ele tenta entrar enquanto as outras pessoas desciam. Olhar de desdém entre meu namorado e eu. “Nunca andou de NENHUM transporte público na vida. Ou não tem mesmo educação, vai saber”, pensei. Entra, fica em pé (esqueci de falar que apesar do luxo dos condomínios o ônibus é bem sujo devido a acostamentos e ruas sem asfalto. É. SEM ASFALTO.) e no meio do caminho pergunta pro cobrador se o ônibus subia a rua tal ou se continuava na estrada. Era a minha rua e ele desceu no mesmo ponto. Não sem ouvir um “leite com pera” do meu namorado. Maldoso ele, não precisava. Mas certamente nós nunca mais veremos o moço.

Uma cidade rica não é onde todos tem carros, mas é onde ricos usam o transporte público. Simples assim. Eu uso sinceramente porque não tenho grana pra um carro, porque o transporte público em Campinas não funciona. Não há ônibus suficiente, eles quebram regularmente, chove e molha os usuários, alguns (como o que utilizo) são imundos e é muito caro! Acho engraçado essas pessoas que nunca usam, que não sabem onde os ônibus passam ou que acham pegar um ônibus uma aventura digna de fotografia…

Anúncios